Mars 2020

Mars 2020


A 18 de fevereiro de 2021, constatou-se mais um importante marco para a história da humanidade por parte da NASA: a aterragem do novo veículo de exploração, Perseverance, no solo de Marte. Isto tudo faz parte da missão Mars 2020. Venho contar-vos mais sobre este importante acontecimento.


Descolagem

A sua descolagem não ficou muito conhecida. 30 de julho de 2020, numa estação da força aérea americana na Flórida foi a data em que se iniciou esta missão. Passado pouco mais de meio ano, chegou a Marte e efetuou com sucesso a sua aterragem em solo marciano. À data deste artigo, encontra-se em Marte há quase um mês.

Aterragem

A sua aterragem foi um processo muito bem planeado, não obstante, para todos os cientistas da NASA, ficou conhecida como “7 minutos de terror”. Este é o tempo que a aterragem demora desde o momento em que entra na atmosfera de Marte até pousar no solo. O que deixa todos ainda mais ansiosos é o facto de o sinal demorar doze minutos até chegar à Terra. Assim, quando o primeiro sinal chega à Terra, o veículo já se encontra na superfície de Marte há cinco minutos, restando apenas saber se aterragem teve sucesso.

Antes da sua entrada na atmosfera de Marte, houve uma separação dos motores. Na entrada na atmosfera este começa a atingir uma elevada velocidade, por volta dos 20.000 km/h, e, devido a essa mesma velocidade, atinge temperaturas absurdas, por volta dos 1300ºC , que o veículo de exploração é capaz de aguentar por possuir um escudo térmico.

A sua velocidade acaba por abrandar, mas não o suficiente. Eventualmente a temperatura diminui e o seu pára-quedas é aberto. Vinte segundos depois, é deixado para trás o seu escudo térmico e entra em ação uma tecnologia de localização do local de aterragem através de comparação de imagens ao vivo com mapas que foram previamente gravados no sistema.

Quando este local é localizado, o seu escudo traseiro e o seu paraquedas são deixados para trás. Pelo facto de a sua velocidade ainda ser elevada, é necessária uma plataforma com 8 motores para diminuir a velocidade e efetuar uma aterragem segura. A plataforma irá aproximar-se do chão e, através de cabos, irá colocar o veículo em contacto com o solo de Marte. Depois de realizar esta manobra, os cabos são libertados e a plataforma possui combustível suficiente para se distanciar e efetuar uma aterragem longe do veículo.


Tecnologia

O seu local de aterragem foi a cratera Jazero, onde se acredita que existiu um lago, sendo assim um local ideal para realizar uma exploração em Marte. Perseverance está equipada com inúmeras ferramentas que a ajudam na exploração do local de aterragem.

Esta possui um sistema avançado de câmeras, que permite visão panorâmica e uma incrível capacidade de zoom. Tem vários instrumentos que conseguem analisar composições químicas e mineralógicas do solo marciano à distância, uma ferramenta de perfuração de solo para retirar amostras e vários sensores que permitem medir temperatura, velocidade e direção do vento, pressão, humidade, tamanho e formato de poeiras. 

Para ajudar na sua movimentação possui um piloto automático, para se conseguir desviar de qualquer perigo no seu caminho e um sistema de navegação autónomo que lhe permite atingir maiores velocidades. Quanto à energia, Perseverance utiliza um sistema que lhe permite obtê-la a partir de plutónio.

Também está equipada com um aparelho inovador, que está em demonstração nesta missão e que promete ser bastante útil para o futuro, que consegue transformar o dióxido de carbono em oxigénio.

Perseverance tem a companhia de um helicóptero minúsculo, o Ingenuity, que serve para testar o voo controlado noutro planeta e para recolher imagens aéreas de Marte.



Objetivos

Quanto aos objetivos do envio do robô para Marte, estes estão relacionados com o seu local de aterragem e com as ferramentas que possui. Perseverance irá ficar em Marte um ano (e dois anos na Terra), irá procurar vestígios de vida que possam ter existido em Marte e analisar e retirar várias amostras de rochas nas proximidades. As 41 amostras serão colocadas ao longo do seu percurso e estima-se que serão finalmente retiradas por volta de 2031.

Também tem como objetivo demonstrar uma tecnologia que poderá ser utilizada para as próximas missões de explorações robóticas e até mesmo humanas.

Em suma, este marco tão importante na história da exploração espacial é absolutamente fascinante, para além de interessante. É importante acompanhar este tipo de acontecimentos. A aterragem do veículo de exploração Perseverance no solo de Marte, é o “primeiro” de muitos acontecimentos marcantes que estão por vir.

Um comentário em “Mars 2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo