GRAMMYs 2021

GRAMMYs 2021


Após ter sido adiada dois meses, a 63º edição dos GRAMMYs ocorreu este domingo, dia 14 de março. Com a apresentação de Trever Noah, a cerimónia deste ano sofreu grandes alterações devido à pandemia, deixando-nos apenas com a presença de uma parte dos artistas nomeados. Desde os típicos outfits, às estonteantes performances, vejamos quais nos deixaram boquiabertos e quais nos fizeram bocejar.

Jhené Aiko

 Jhené Aiko pode não ter levado para casa nenhum GRAMMY, mas, no que me diz respeito, ganhou o meu GRAMMY para Best Red Carpet Look, com este lindo vestido rosa de Monsorri.

 Lizzo

Fui só eu que adorei esta dupla de vestidos da balmain de silhueta de sereia?! Uma autêntica pérola, como a Lizzo o é. Slayed the way!

Dua Lipa

Com três looks estonteantes, temos uma Triple Kill por parte da Dua Lipa, desde a Red Carpet até ao palco. A artista britânica teve um ano exemplar no qual dominou a indústria da música – o seu albúm Future Nostalgia constitui uma das mais fortes eras pop de sempre e conquistou à cantora o seu primeiro grammy, Best Pop Vocal Album. Acompanhada por DaBaby,  cantou o seu single “Levitate”, num cenário paradísiaco e com um belo casaco fushia e cintilante, que nos forneceu, de uma forma tão excelente, a mesma vibe da música interpretada.  

Beyoncé

A Queen B não só fez história com o seu lindo look de vestido e luvas de cabedal de Schiaparelli, como pelo seu vigésimo sétimo grammy, que lhe concedeu o título da artista mais premiada dos Grammys. Também Levou para casa outros 3 grammys (Best R&B Performance, Best Rap Song e Best Music Video).

Megan Thee Stalion

A rapper aparenta mal ter começado, mas já conquistou o mundo. A Best New Artist deste ano conquistou, com o sucesso Savage, mais dois GRAMMYs (Best Rap Performance e Best Rap Song).

Para além destes feitos, conseguiu também fazer-nos começar a gostar de laranja com este vestido. Megan pisou-nos a todos com performance de Body, numa inesperada versão broadway e com uma das atuação mais aguardadas da noite, WAP (cuja sigla não posso desvendar aqui num jornl escolar), juntamente com Cardi B e uma coreografia executada numa cama monstruosa que nos fez todos gritar do nosso sofá!

Billie Eilish

A estrela do momento ganhou Record of The Year pela segunda vez de seguida este ano e Best Song-Written For Visual Media. Trouxe um lindíssimo conjunto estampado da Gucci, combinando até com a sua máscara e unhas! No palco cantou ‘everything i wanted’, juntamente com o seu irmão Finneas num cenário adequadaemnte melancólico com um carro a se afundar. Sombrio, mas maravilhoso, tal como o seu look.

Taylor Swift

Num vestido floral que não podia ser mais adequado para esta era, Miss Taylor Swift conquistou o merecido Album of The Year com ‘Folklore’.  A sua performance foi mágica, como se estivessemis a presenciar um conto de fadas ( que é exatamente como nos sentimos quando ouvimos o álbum Folklore). Para mim, a atuação atingiu o seu auge com o êxito willow, acompanhada por Jack Antonoff, um dos maiores produtores da atualidade.

BTS

Os reis do K-pop finalmente nos presentearam com a sua presença nos  GRAMMYs! Provavelmente a performance mais antecipada de toda a cerimónia. Mesmo não levando nenhum GRAMMY, estiveramperfeitos como sempre, nos seus fatos casuais, mas chiques.

Harry Styles

O homem que todos nós estamos apaixonados (sim, tu também) trouxe-me as minhas dúvidas no Red Carpet, mas quanto à sua performance de Watermelon Sugar, a música com que ganhou Best Pop Solo Performance, foi de parar o coração. Ele sabia o que nos estava a fazer com aquele casaco curto, calças pretas de cabedal e um cascol verde.

Doja Cat

Como sempre, Doja Cat consegue trazer algo inovador e refrescante para o palco, desta vez, foi mais uma reecriação do seu hit Say So (já vamos em quantas? 1234849?). O fato cyberpunk moderno aliado à coreografia fez-me gritar “wow”. Doja presenteou-nos também, no tapete vermelho, com um vestido cheio de plumas elegante de Roberto Cavalli. Mais uma vez, “wow”.

Chloe x Halle

Mesmo à distância e sem ganhar nenhum GRAMMY, as icónicas Chloe x Halle marcaram presença nos seus vestidos charmosos de Louis Vuitton.

Os maiores snubs

O maior escândalo dos Grammys deste ano surgiu com a vitória de Lady Gaga e Ariana Grande, sobre os BTS em Best Duo\Group Performance. Instaurou-se um campo de batalha no twitter: as Armys (o nome do clube de fãs dos BTS) criaram a hashtag #Scammys, que chegou ao 1º lugar das trends! Apresento-vos o poder do k-pop.

Também Doja Cat, Dababy e Roddy Rich, embora multiplamente nomeados, acabaram por não levar nenhuma estatueta para casa. Trouxeram-nos performances fantásticas e marcaram 2020 com os seus hits. Foram roubados.

Contem-me qual foi a vossa atuação preferida nos comentários. Até à próxima <3

Um comentário em “GRAMMYs 2021

Deixe um comentário para tcostapinho Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo